terça-feira, 4 de setembro de 2012

Dinâmicas em Grupos



Esta dinamica é muito legal estou postando pra voces .por pesquisas na interne

Dinamica da caixa de Presente


Objetivo: virtudes e valores.
O que vai precisar: uma caixa, com balas, embrulhada para presente. O conteúdo deve ser bem preparado de modo que não se perceba o que há dentro.
Desenvolvimento: Formação em círculo.
Dirigente: Escolhe alguém do grupo e diz:

1. Este presente está abençoado; passe-o para a pessoa que você considera a mais simpática do grupo.

2. Parabéns! Pena que a sua simpatia não fará com que você permaneça com o presente. Passe-o para a pessoa mais alegre.

3. A sua alegria é muito importante para o nosso grupo. Pena que o presente ainda não será seu. Passe-o para a pessoa que você considera mais atenciosa com os amigos.

4. Parabéns! Saiba que você é uma pessoa muito querida, mas isso ainda não a torna dona do presente Passe-o para quem você considera mais inteligente.

5. Você está com a bola, menos com o presente. Entregue para quem você considera mais tímido.

6. Poderia ser seu, se não houvesse entre nós uma pessoa que é a mais dedicada à oração. Dê o presente a ela.

7. Parabéns! Você é um exemplo para o grupo e sabemos que entregará o presente com alegria ao irmão mais humilde.

8. A humildade é uma grande virtude e você poderia receber o presente se entre nós não houvesse uma pessoa simples e honesta em tudo que faz. Passe-o para ela.

9. Parabéns! Com tanta honestidade você saberá reconhecer a pessoa mais generosa do grupo. Entregue o presente a ela.

10. Muito bem! A sua generosidade fará com que você reconheça que o presente não pertence só a você e vai reparti-lo com todos. Parabéns!


~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

sim ou não

Quem, desde criança, aprende a dizer a Deus: “eis-me aqui, envia-me!”, estará no caminho para realizar em sua vida o sonho bonito que estava no coração do Criador  quando deu de presente ao mundo a magnífica pessoa que cada um de nós poderia vir a ser.” (CF 2013)

Objetivo: Preparar os ensinadores para que possam ler na sua realidade onde estão os valores verdadeiramente cristãos. Educar para a criticidade.

Material:
Placas de cartolina com as palavras SIM e NÃO. Podem ser de cores diferentes. Cada participante recebe as duas placas.
Manchetes de jornais, reportagens, referências à programação da TV, redes sociais, jogos, etc.

Desenvolvimento:
O dirigente apresenta um tema entre os que foram sugeridos e propõe a discussão.
Quem concorda levanta o SIM e, caso contrário, o NÃO.
São então escolhidos dois representantes do grupo para justificarem suas opções: um do Sim e outro do Não. O dirigente fará o papel de moderador, orientando para buscarem fundamentação nas fontes da fé (Sagrada Escritura, Catecismo da Igreja Católica, etc).

Avaliação: Em conversa com o grupo, observar o que acharam da dinâmica e se gostariam de trazer para discussão outros temas.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
janela da fé
Sugestão de Dinâmica
Esta dinâmica pode ser usada após uma reflexão sobre a Palavra de Deus  ou  no mês de outubro, que é dedicado às Missões. São Paulo nos ensina: “Acredita-se com o coração e, com a boca, faz-se a profissão de fé.” (Rm 10,10)
           
Desenvolvimento
Material: Cada pessoa do grupo receberá uma folha em branco e  lápis e será motivado a desenhar uma janela.

Dirigente: Agora, imagine-se olhando desta janela que podemos chamar de “janela da fé”. Procure expressar através de desenhos ou de palavras: “Como tenho vivido a minha fé? Anuncio o Deus vivo ou me deixo contaminar pelas situações ruins? Como tenho vivido e anunciado a Palavra de Deus?”.

Os participantes são convidados a partilhar as respostas e, depois de oração e música final, colocar sua janela em num mural bem significativo.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Coragem! Levanta-te! Ele te chama." (Mc 10,49)

1. Ambiente: Bíblia aberta, pedra, jarra com água e galho seco.

2. Acolhida e canto

3. Dinâmica: pessoa com olhos vendados, sentada no chão; levanta e tenta caminhar ao encontro da Palavra de Deus. Quando erra, outra deverá ajudá-la.

4. Leitura: Mc 10, 46 - 52

5. Dirigente: O Evangelho de Marcos nos propõe as perguntas“Quem é Jesus”? “O que significa ser seu discípulo?” “Como seguí-lo?”
Marcos repete a palavra “discípulo” 46 vezes e o verbo “seguir”, 18 vezes”.
A pedra e a água, que estão ao lado da Bíblia, representam a perseverança de Bartimeu e nos lembram o ditado : “água mole em pedra dura, tanto bate até que fura”. A exemplo da água, que não desiste de romper a resistência da pedra, ninguém conseguiu calar Bartimeu e Marcos o  apresenta como modelo do verdadeiro discípulo:  pede para ver e quando o Senhor lhe dá a luz, ele O segue.
O galho seco representa o cristão que desiste e escolhe viver no caminho que o mundo lhe oferece.
A pergunta que precisamos responder é: qual desses símbolos nos representa? Encontraremos pessoas que nos mandarão calar para que Jesus não ouça o nosso grito como o de Bartimeu: “Filho de David, tem compaixão de mim!”. Mas também encontraremos outras, que nos guiarão ao encontro do Senhor  dizendo:  “Coragem! Levanta-te! Ele te chama."

6. Silêncio para reflexão e partilha das experiências do grupo

7. Oração e compromisso que brotam da Palavra

8. Canto final.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

A vida apressada que levamos hoje em dia muitas vezes nos impede de conviver com nossos irmãos de pastoral como gostaríamos. Mas nada que uma dinâmica bem escolhida não possa resolver. As dinâmicas  favorecem a comunicação com o outro e com o grupo, despertam para a solidariedade vivenciando valores de colaboração e ajuda mútua, ajudam a superar bloqueios, barreiras e medos. Provocam abertura, sinceridade, confiança, colaboração e compromisso.


Dinâmica: “Entra na roda com a gente...”

Formação: em roda.
Sugestão de música: pode ser a que dá nome à dinâmica ou à sua escolha (deve ser animada).

Dirigente: Meus irmãos, a correria para cumprir nossos compromissos nos impedem, muitas vezes, de cultivarmos a nossa amizade. Ficamos devendo sorrisos, abraços, desculpas, pedidos de perdão. O tempo passa, algumas mágoas permanecem... mas continuamos não tendo tempo.  E tempo, como sabemos , é questão de prioridade.  Tomemos, então, umas horinhas para acertarmos as contas bem ao gosto de Jesus.

Desenvolvimento: O dirigente explica que para dentro da roda (duas a duas ou mais) irão as pessoas a quem queremos agradecer, pedir perdão etc, mas sem dizer o motivo.
Cantando, de mãos dadas, a roda se move e num determinado momento cessa a música e o movimento.  Quem está dentro da roda sairá depois que a pessoa que a colocou  disser porque foi  escolhida.  E assim, segue a dinâmica.  As pessoas podem ser escolhidas mais de uma vez e o dirigente deve cuidar para que todos participem. Terminamos com uma oração e muitos, muitos  abraços, celebrando o nosso dia e a nossa amizade.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
                                                  Dinâmicas

Quem sou eu? Quem é você?

Objetivo:
Apresentação e entrosamento dos grupos de adolescentes e jovens.

Material:
Uma folha de papel oficio dobrada ao meio, lápis, lápis de cor ou canetas coloridas.

Passo-a-passo:  
1. Cada participante deve usar o lado esquerdo da folha para expressar, através de um desenho, o que espera encontrar neste grupo. Do lado direito, o desenho deve representar o que cada um tem para oferecer ao grupo a fim de que  cresçam em unidade e no amor a Deus.

2. Formar duplas para que se apresentem e expliquem seus desenhos.

3. Cada dupla se juntará à outra dupla, trocam informações e escolhem um desenho para representá-los.

4. Plenário: Será escolhido, então, entre os desenhos apresentados, um símbolo para o grupo.

5. No mesmo dia, ou em outro encontro, o dirigente poderá solicitar que escolham uma citação bíblica ou um lema composto pela turma, para completar o símbolo.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
                                         Dinâmica do entrosamento

Todos nós sabemos que uma dinâmica bem preparada ajuda a entrosar o grupo, cria um ambiente alegre e descontraído e contribui para que participantes se envolvam com maior empenho no trabalho proposto. Ter sempre uma dinâmica à mão é um recurso que não podemos dispensar. Concordam?
 Sabendo disso, aqui vai mais uma sugestão que sempre faz sucesso seja com os adolescentes, jovens ou adultos.

Dinâmica de entrosamento
Distribuir papel aos participantes e convidá-los a fazer o desenho de boneco

Anotar na figura:
Diante dos olhos: 3 coisas que viu e o impressionaram
Diante da boca: 2 expressões (palavras, atitudes) das quais se arrependeu
Diante do coração: 3 grandes amores
Diante dos pés:  2  enrascadas em que se meteu
Diante das mãos: 3 boas ações que realizou
Diante da cabeça: 3 sonhos que deseja realizar

Partilha:
  • Foi fácil ou difícil par você esta comunicação? Por quê?
  • Em qual anotação sentiu mais dificuldade? Por quê?
  • Este exercício pode favorecer o diálogo entre as pessoas e o conhecimento de si mesmo?
Ao final, colocar os desenhos em mural, ler 2 Cor 13,11 para reflexão, e terminar com orações espontâneas e música.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
A OUTRA METADE

para jovens e adultos
Objetivo: facilitar a comunicação e a integração nos grupos.

Material:  gravuras de pessoas divididas em duas partes (os recortes não devem ser retos).

Desenvolvimento: o coordenador convida os participantes a pegar um pedaço das figuras e procurar o companheiro que está com a outra metade. Uma vez que encontra o companheiro, iniciar uma conversa para se apresentarem, caso não se conheçam, ou trocar opiniões através de uma conversa informal e espontânea.
Em seguida, o diálogo será orientado pelo coordenador, e ainda em duplas, refletirão sobre as seguintes questões:

1. Como é a comunicação entre os jovens ou adultos hoje? Superficial ou profunda? 
2. Para vocês, quais são os obstáculos que impedem uma comunicação profunda?
3. O uso de uma linguagem respeitosa é importante? Por quê?

Em seguida, o coordenador organiza um plenário com as respostas às perguntas.
Oração para descobrir o outro 
Senhor, ensina-me a ver atrás de cada palavra, um irmão.
Alguém que, às vezes, se esconde com seus sofrimentos e alegrias.
Que não gosta de mostrar-se diante dos outros por timidez ou porque..talvez, se mostrou uma vez e foi o mesmo que nada.
Senhor, ensina-me a descobrir em cada rosto e no fundo de cada olhar, um irmão, semelhante a Ti e, ao mesmo tempo, completamente distinto de todos os outros.
Ajuda-me, Senhor, a tratar cada um ao Teu modo, como fizeste com a samaritana, com Nicodemos, com Pedro, como Tu me tratas.
Eu queria, Senhor, começar hoje mesmo a compreender cada um no seu mundo, com seus ideais, seus sonhos,com suas virtudes e fraquezas.
Ilumina-me, Senhor, para compreender também aqueles dos quais dependo, aqueles que me dirigem, que têm autoridade sobre mim.
Ajuda-me, Senhor, a olhar a todos como Tu olhas. A valorizá-los não só por sua inteligência, fortuna ou talentos, mas sim pela capacidade de amor e de entrega que há em cada um.
Que no “outro” eu possa ver a Ti, Senhor!
SENHOR, QUE EU POSSA TE VER EM CADA IRMÃO! AMÉM. 
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Dinâmica de apresentação nos grupos

Técnica de Apresentação

1. Começar com um canto ou um jogo para quebrar o gelo e criar um clima de confiança.

2. O passo seguinte será a distribuição de folhas e canetas a cada um para que escrevam com letras grandes e bem legíveis, o seguinte:

· Meu nome é ...
· Atualmente curso ...
· Tenho ... irmãos
· Meu passatempo preferido é...
· Minha comida preferida é ...
· Meu maior sonho é ...
(O coordenador do grupo poderá acrescentar outras informações)

3. Cada um deve prender o papel no peito, com fita adesiva, e passear pela sala deixando que observem o que escreveu e lendo as demais.

4. Depois de um tempo, pedir que busquem alguém com afinidades para formar uma dupla e iniciar um diálogo para se conhecerem melhor.

5. As duplas formadas buscarão mais companheiros que também tenham afinidades com eles para formar um quarteto e seguir conversando.

6. Plenário: cada quarteto se apresentará aos demais para falar sobre o que os uniu. 

7. Para finalizar, o coordenador poderá propor a seguinte reflexão: Quando se reuniram em duplas se interessaram mais em contar coisas ou conhecer os companheiros?

Terminar com uma oração e um canto. 


Dinâmica: - Confusão de Sapatos

1- Passos:- Traçam-se 2 linhas paralelas a uma distancia de 10m.- Atrás de uma das linhas, a de partida, ficam alinhados os participantes- atrás da outra linha, ficam os sapatos dos participantes, todos misturados, porém sem estarem amarrados ou abotoados.- Ao sinal de partida, todos correm para a linha de chegada, e cada qual procura calçar o seu sapato. Este deve ser amarrado ou abotoado, conforme a necessidade. Em seguida, retorna-se à linha de partida. - O primeiro que transpuser a linha de partida, devidamente calçado com o seu sapato, será o vencedor

 O BONECO


MATERIAL : 2 FOLHAS DE PAPEL PARA CADA PARTICIPANTE. HIDROCOR, FITA ADESIVA, COLA E TESOURA. UTILIDADE PASTORAL :UNIÃO DO GRUPO, TRABALHO EM EQUIPE E SENTIDO DE EQUIPE

Cada membro do grupo deve desenhar em uma folha de papel uma parte do corpo humano, sem que os outros saibam. Após todos terem desenhado,pedir que tentem montar um boneco ( na certa não vão conseguir pois, Terão vários olhos e nenhuma boca... ). Em seguida, em outra folha de papel, pedir novamente que desenhem as partes do corpo humano (só que dessa vez em grupo) Eles devem se organizar, combinando qual parte cada um deve desenhar. Em seguida, após desenharem, devem montar o boneco.Terminada a montagem, cada membro deve refletir e falar sobre como foi montar o boneco. Quais a dificuldades, etc

Dinâmica sem materiais 

O nome da Dinâmica é ” Comando de valer”
O prof. deverá falar “comando… de valer “e simultaneamente balançar as mãos.
Quando o prof. falar “comando…cabeça ” deverá colocar as mãos na cabeça.
Quando disser “comando…ombro” colocar as mãos nos ombros…
Os alunos irão executando…
Só que o prof. falará….” cabeça..” sem a palavra ” comando”… a ideia é que o aluno não coloque a mão na cabeça…pois a palavra que antecede, no caso comando, não foi falada… Depois de treiná-los alguns minutos.
O professor pedirá que os alunos, façam o que ele fala e não o que faz….
olhando pra o professor.
Essa dinâmica ressalta a importância de saber ouvir e escutar, tanto no ambiente profissional, pessoal…enfim…até mesmo na hora d executar exercícios, pois o aluno faz o que vê…e não o que entende.
Por isso o prof. deve descrever verbalmente de forma correta todos os exercícios , para que o aluno entenda perfeitamente e realize só de ouvir
 
 

Dinâmica - Você conhece seu cônjuge?

O objetivo dessa dinâmica de grupo para encontro de casal é quebrar o gelo entre os participantes para iniciar as atividades do dia.
A brincadeira é muito simples, você precisará apenas de meia folha de papel e uma caneta por participantes.

Desenvolvimento da Brincadeira:
Vamos fazer um teste para saber o quanto vocês se conhecem. Vocês não podem ver a resposta um do outro, por isso agora vão se separar no mínimo 2 metros. Escreva o que lhe for pedido em relação ao seu cônjuge, aquilo que é característico dele ou dela, que o identifica. Porém tem que ser rápido, escreva a primeira palavra que lhe vier à mente. Você tem 10 segundos para cada palavra.

Numere a folha de 1 a 7. Escreva o que acha que seu cônjuge responderia:
1- Comida
2- Lugar
3- Lazer
4- Medo
5- Paixão
6- Irritação
7- Especial
8-aniversario

O coordenador chama 5 casais voluntários para apresentar suas respostas (esta quantidade pode variar conforme o tempo disponível).
Primeiro a mulher diz sobre si mesma qual teria sido sua resposta ao 1º item e o marido diz o que escreveu sobre ela, e assim a cada item. A cada acerto ele faz um ponto. Depois troca.
Somar os pontos de cada um para saber quem conhece melhor o outro.
Opcional: Somar a pontuação total do casal e dar um brinde aos de maior pontuação.

Avaliação final:
Pedir aos demais casais que se juntem novamente e dar alguns minutos para avaliarem as respostas um do outro.

Perguntar:
Há alguém que não acertou nada?
Há alguém que acertou tudo? Aplausos…
Alguém se surpreendeu com as respostas do cônjuge e quer comentar?

Observação sobre a condução da brincadeira para encontros de casal: Em alguns casos a convivência não é suficiente para conhecer bem o outro, pois há pessoas que, para evitar o mal estar das discussões, omitem suas opiniões e sentimentos. Principalmente as mulheres fazem isto, mas há homens que também agem assim. Ao contrário do que pensam os bem intencionados, esta atitude mais atrapalha o relacionamento do que ajuda, pois quando sufocamos as emoções vai se formando uma pressão interna que provavelmente virá à tona em forma de explosão. Ou estes sentimentos vão sendo enterrados cada vez mais fundo até o ponto de não restar nem os sentimentos positivos e o casamento acaba.
 

Dinâmica a Mulher Virtuosa

A dinâmica de grupo para mulheres intitulada Mulher Virtuosa tem por objetivo destacar algumas das principais características do universo feminino, seus direitos e deveres, sua igualdade e principalmente os grandes desafios que o mundo moderno impões as mulheres que são esposas, cuidam da casa, cuidam dos filhos, trabalha fora, é independente, tem uma carreira promissora, a mulher do século 21 se adaptando e mostrando seu real valor.

Material: 1 caixa de bombons sortidos embrulhada para presente, importante que haja bombons suficientes para todos os participantes.
Número de participantes e tempo: mínimo 4, máximo 40. 60 minutos.

Como fazer: O facilitador desta dinâmica para mulheres deverá reunir o grupo em um local adequado, que tenha espaço suficiente para todos os participantes, providenciar a caixa de bombons e deixá-la embrulhada, estando todos acomodados se apresenta e inicia a brincadeira com o texto abaixo:

1. Significado da palavra Virtuosa: A palavra virtuosa tem sua origem no latim virtus que significa virtude, habilidade, excelência, este é um titulo dado a um indivíduo que tem uma habilidade fora do comum de aliar técnica e prática, de desenvolver uma ou mais atividades com grande desenvoltura. Esta é uma definição que pode ser aplicada a mulher moderna, aquela que assume sua feminilidade e ao mesmo tempo afirma sua independência, que estuda e se qualifica para o mercado de trabalho, que pode assumir a função de mãe sem abrir mão de seus sonhos ou pode simplesmente ser mãe sem se preocupar em ser moderna. A mulher que tem habilidade de liderar, a mulher que assume ser esposa e se entrega ao lar, a mulher que é esposa, mas sabe que não cabe só a ela tomar conta do lar, esta mulher moderna que tem o direito de ser tratada como igual em tudo que faz, que conhece seus direitos, que exerce seu papel social cumprindo seus deveres e exigindo seus direitos.
(Terminado a leitura o facilitador prossegue a atividade)

2. O facilitador da dinâmica olha para os participantes e convida a mulher mais jovem se apresente. Se o grupo não se conhece neste momento as mais jovens vão conversando entre si para ver que é mais nova, esta se levanta e se dirige até o facilitador.
O facilitador pega o presente que está embrulhado e pergunta o nome da jovem e sua idade e a apresenta ao grupo. Logo em seguida entrega a ela o presente e faz a leitura do seguinte texto:
"A ...(nome da pessoa)... sendo a mais jovem deste grupo vai representar todas as meninas que desde muito jovens, na maioria das vezes, são educadas para serem mães cuidando de suas bonecas, ou com seus brinquedinhos de comidinhas, é muito importante desenvolver estes estímulos femininos, o instinto de ser mãe, dá uma identidade de gênero, mas a menina moderna pode ser mais do que isso, os pais devem incentivá-la a ver o mundo não apenas como um lugar de homens e mulheres mas um lugar de iguais onde ambos podem escolher ser aquilo que quiserem ser, desenvolver suas habilidades através do estudo, e lá no futuro, se assim for, assumir o papel de mãe sem abrir mão de ser mulher. Receba este presente mas não fique com ele, passe-o adiante, eu gostaria que uma das mulheres que aqui estão e que seja solteira e independente se apresente."

3. O facilitador recebe a mulher que representará a figura de independente, peque que a mais jovem lhe entregue o presente e que ela se apresente ao grupo falando seu nome e sua profissão.
Em seguida o facilitador fala o seguinte texto:
"A ...(nome da pessoa)... é uma mulher independente, assumiu sua feminilidade e conquistou aquilo que é um sonho para muitas de vocês, é muito bom ser independente, ter o controle da própria vida, talvez esta seja uma das figuras almejadas pela mulher do século 21, mas ser independente pode ser uma opção ou um estado atual, todas vocês podem adquirir a independência sendo mãe, esposa, filha, este é mais do que um estado financeiro, é um estado de espírito, então minha amiga, peço que você não fique com este presente só para si, passe-o adiante, entregue-o a uma mulher que é mãe." Neste momento o facilitador pergunta aos participantes quem é mãe, escolhe uma participante e a chama para vir a frente.

4. Em seguida passa o presente a ela e fala o seguinte texto:
"A ...(nome da pessoa)... é mãe, neste momento não nos importa de quem ou de quantos filhos, o que nos importa é que ela é mãe e este é um título que só pode ser dado a mulher que gerou a vida em seu ventre ou mesmo sem gerar assumiu a responsabilidade de criar e educar uma criança, mãe não é só aquela que da a vida mas a que cuida, educa, prepara uma pessoa para viver. A mãe moderna não pode se privar de uma carreira só para ser mãe a não ser que ela assim queira, a independência está em fazer aquilo que quer e ser livre, sendo apenas mãe, ou sendo mãe e trabalhando fora, ser mãe não nos priva de nada, ser mãe é somar e não dividir. Você mãe, receba este presente mas não o abra, passe-o adiante para outra mulher, aquela que você acha que está mais bem arruma, mais bem vestida e convide-a para vir até aqui." A mãe deverá indicar alguma outra mulher que está participando, aquela que ela ache mais "chic", mais bem vestida, maquiada.


5. O facilitador da dinâmica para mulheres perguntará o nome desta mulher e lerá o texto abaixo:
"Você ...(nome da pessoa)... foi considerada por nossa amiga a mais bem arrumada, a mais "chic" de todas e quero que você receba este presente por que sua imagem destaca a feminilidade da mulher, uma parte de sua essência feminina que demonstra seu capricho, um cuidado estético que pode ser um exemplo a seguir não somente na aparência mas em tudo o que as mulheres fazem, este dom de ser detalhista e de estar sempre corrigindo algo é uma virtude que soma em um grupo. Se arrumar não é vaidade, simplesmente dar um realce no que já é belo por natureza." Minha amiga, não abra este presente ainda, o mesmo está cheio de símbolos que vieram passando de mão em mão e que deve ser compartilhado com todas as mulheres aqui presentes.

6. Neste momento o facilitador pega o presente das mãos da mulher e o coloca no centro da sala ou local onde estão reunidos e convida a todas para que se aproximem, que se aglomerem em volta do presente enquanto lê o texto abaixo:

"Todos somos mulheres virtuosas e nossas habilidades únicas nos conduzem a excelência em tudo o que fazemos. Desde muito jovens às vezes somos ignoradas ou vítimas de preconceitos de uma sociedade que ainda não reconhece totalmente nosso valor, mas podemos criar nossas filhas, nossas meninas para um dia se tornarem mulheres independentes que não precisam provar nada para ninguém seja qual for o caminho que escolhermos, ser apenas uma filha ou ser mãe, não importa o caminho, mas como ele será trilhado, isso sim faz a diferença. Da mesma maneira que com um simples retoque na maquiagem nos renovamos, nossa força se renova a cada conquista, a cada desafio enfrentado com o orgulho de viver no presente a vida da mulher do futuro."

7. Terminada a leitura a facilitadora vai até o presente e o abre e distribui um bombom para cada participante e pede que todas se cumprimentem e se abracem e logo em seguida podem consumir os bombons, os frutos desta atividade para mulheres.

Sugestão: Esta atividade pode ser adaptada para um dinâmica para o Dia da Mulher comemorado dia 8 de março.

Brincadeira do Pirulito - Passo a passo

A dinâmica do pirulito é muito fácil de fazer, basta ter um lugar para desenvolver a atividade e o material abaixo informado, tudo está explicado passo a passo e você também poder fazer

Objetivo: Desenvolver o espírito de equipe, mostrar a importância de um ajudar o outro seja no ambiente de trabalho ou no dia a dia, na vida pessoal, como utilizar a criatividade para resolver problemas que envolvam o trabalho em grupo.

Número de participantes e tempo estimado: de 4 a 40 participantes, 50 minutos.
Material: pirulitos com embalagem suficiente para todos os participantes.
Como fazer: O coordenador da brincadeira com o pirulito deverá reunir todos os participantes formando um círculo.
Em seguida distribui um pirulito para cada participante, o pirulito a ser utilizado deve estar na embalagem original. Orienta que cada um segure o pirulito com a mão direita e aguarde até que todos tenham recebido.
Assim que todos tiverem recebido o coordenador da atividade do pirulito dará o seguinte comando:
brincadeira do pirulito, dinamica"A partir de agora ninguém mais pode sair do lugar e deverão seguir minhas instruções. Segurem o pirulito com a mão direita. A mão esquerda deve ser colocada para trás e não pode ser utilizada em nenhum momento, estiquem o braço direito para frente, a partir de agora ninguém poderá dobrar o braço, o único movimento que podem fazer é para a direita ou para a esquerda, quem dobrar o braço será retirado da brincadeira". O coordenador verifica o grupo e pergunta se alguém tem alguma dúvida, todos devem estar no mesmo lugar, segurando o pirulito com a mão direita e braço estendido para frente e a mão esquerda dobrada para trás sem poder ser usada.


(O coordenador continua...) Agora quero que todos desembrulhem o pirulito que está segurando na mão direita e comecem a chupar. Neste momento se instala a confusão, dependendo da idade dos participantes, pois esta atividade do pirulito pode ser feita em vários grupos, crianças, jovens, grupos de trabalho e até com idosos.
Alguns participantes logo se dão conta que não vão conseguir remover a embalagem do pirulito sozinhos e que precisarão da ajuda do companheiro do lado, pois só podem realizar movimentos para a direita ou para a esquerda, é muito engraçado ver as pessoas tentando abrir a embalagem com apenas uma mão e quando um dos participantes encontra a solução utilizando a ajuda do amigo ao lado todo o grupo entende a charada e logo em seguida começam a se ajudar mutuamente.
Em grupos com crianças pode ser que elas não encontrem uma solução, sendo assim o coordenador deverá dar dicas ou estando no círculo tomar a iniciativa oferecendo para que a pessoa ao lado o ajude a abrir a embalagem.
O primeiro desafio é remover a embalagem do pirulito, no entanto como não podem dobrar o braço, cada um deverá chupar o pirulito do colega do lado, isso deixa a brincadeira do pirulito muito divertida e através de uma linguagem metafórica passa a mensagem de que em determinadas circunstâncias da vida é necessário pedirmos ajuda ao próximo para conseguirmos realizar uma tarefa.
Tão logo todos estejam chupando o pirulito o coordenador da dinâmica poderá solicitar que cada um fique a vontade para degustar seu pirulito e em seguida inicia a leitura do seguinte texto com metáfora para reflexão:

Metáfora das Colheres com cabos compridos


Havia um homem que fazia muito tempo vinha pedindo em oração para que Deus lhe mostrasse como é o céu e como é o inferno. Certo dia Deus apareceu para este homem, o pegou pelas mãos e o levou a uma viagem ao centro da terra onde se encontra o inferno, passaram por um grande portão vermelho e logo na entrada, no centro de uma grande sala, o homem viu uma panela enorme cheia de arroz cozido. Em volta desta panela havia centenas de pessoas, magras, famintas, clamando por um pouco de alimento. Na mão de cada um destes infelizes havia uma grande colher de madeira com o cabo muito longo, que permitia pegar o arroz na grande panela, mas não dava para trazer o alimento até a boca devido ao comprimento desproporcional do cabo. Todos sofriam e agonizavam tendo o estômago vazio diante de tamanha fartura.
Em seguida Deus levou o homem até o céu e após passarem por um grande portão entraram numa sala muito parecida com a que viram antes, havia uma grande panela de arroz no meio e em volta centenas de pessoas, também com colheres de cabo longo, todas muito satisfeitas, fartas, felizes, pois estavam muito bem alimentadas. O homem não entendeu aquilo, como podia ser, por que estes estavam felizes e os outros não e pergunto a Deus: Meu senhor, eu não entendo, a situação é a mesma, no entanto estes estão felizes e satisfeitos enquanto os outros estão famintos.
Deus com seu olhar misericordioso explicou: A grande diferença é que aqui todos aprenderam a usar a colher de cabo comprido para dar comida ao próximo, e um ajudando ao outro puderam matar a fome material e espiritual.
Moral da história:

O Egoísmo: As pessoas no inferno eram egoístas e cada um estava preocupado com a própria fome, em resolver o seu problema o que impossibilitava de ver a solução obvia.
Altruísmo e trabalho em equipe: As pessoas no céu olharam para aqueles que estavam ao seu redor e conseguiram ver uma solução simples e lógica pois entenderam que o problema era o mesmo para todos e que trabalhando juntos poderiam se ajudar.
A Criatividade: A criatividade é um processo que pode ser individual ou coletivo, para atingi-la é necessário analisar as várias possibilidades que existem ao seu redor e tomar uma iniciativa comum que resolva o problema e beneficie a todos.

Conclusão e encerramento da atividade;

Após ler o texto acima o coordenador da dinâmica do pirulito pode falar algumas palavras ou fazer uma pequena palestra sobre a importância do espírito de equipe para atingir o sucesso de um trabalho em grupo e até mesmo no dia a dia, na vida pessoal, quando deixamos de ser egoístas aprendemos a enxergar possibilidades e compreendemos que o altruísmo pode abrir muitas portas.
Esta brincadeira do pirulito pode ser utilizada em diversas circunstâncias: treinamento e desenvolvimento humano, palestras de motivação, em atividades em sala de aula, em encontros de jovens, catequese, em células evangélicas e até em grupos de terceira idade pois é uma atividade divertida e fácil de fazer e seja qual for a idade dos participantes a mensagem passada é universal e com um pouco de criatividade do facilitador o texto e a dinâmica pode ser adaptados para os mais diversos fins, além disso você também pode fazer download da dinâmica do pirulito em PDF para imprimir e utilizar a vontade.

21 comentários:

  1. PARABENS, AMEI ESSAS DINAMICAS IRÃO ME AJUDAR MUITO, NO MEU GRUPO. QUE DEUS ABENCOE.

    ResponderExcluir
  2. Amei as dinâmicas e ate já tirei uma para usar agora a tarde em uma reunião de mulheres vai ser benção.

    ResponderExcluir
  3. que bom que vocês gostaram abraço meninas

    ResponderExcluir
  4. Amei vou fazer com as irmãs 😍😍

    ResponderExcluir
  5. eu não entendi a dinâmica:você conhece o seu cônjuge? poderia me explicar a primeira parta onde fala das perguntas.quais as perguntas que eles deveriam responder?

    ResponderExcluir
  6. eu não entendi a dinâmica:você conhece o seu cônjuge? poderia me explicar a primeira parta onde fala das perguntas.quais as perguntas que eles deveriam responder?

    ResponderExcluir
  7. muito bom me ajudou bastante vou levar para o cha de mulheres.

    ResponderExcluir
  8. eu também adorei as dinâmicas ja ate tirei algumas para o chá de mulheres na minha igreja

    ResponderExcluir
  9. eu também adorei as dinâmicas ja ate tirei algumas para o chá de mulheres na minha igreja

    ResponderExcluir
  10. muito boa as dinâmicas, irão me ajudar bastante com o grupo de irmãs da minha igreja.

    ResponderExcluir
  11. muito boa as dinâmicas, irão me ajudar bastante com o grupo de irmãs da minha igreja.

    ResponderExcluir
  12. amei essas dinamicas são perfeitas para todos os tipos de pessoas e idade.

    ResponderExcluir
  13. amei essas dinamicas são perfeitas para todos os tipos de pessoas e idade.

    ResponderExcluir
  14. Muito boas as dinâmicas!! Mas antes de copiar de algum lugar, o ideal é filtrar, e ver realmente o que pode ser aproveitado. A dinâmica Mulher Virtuosa, há uma mensagem subliminar ali, aliás, está bem nítida a informação que o escritor quer passar, sobre ideologia de gênero, especialmente na parte da mulher mais jovem. Já que somos mulheres cristãs, essa teoria não deve fazer parte da nossa vida, correto? Vamos estar alerta!!!

    ResponderExcluir

xat Vaso escolhido Participe


Get your own Chat Box! Go Large!

01º - Comprimente com a PAZ ao entrar.
02º - Sem CAPS LOCK.
03º - Não enviar links.
04º - Sem Palavrões.
05º - Respeitar, membros, moderadores e donos do chat.
06º - MSN, Skype, ou Qualquer outro modo de comunicação, passe pelo PVT.

=====veja aqui como colocar o seu nome no xat===